Ana Vieira Leite integra elenco de “Médée” na Ópera de Paris

Ana Vieira Leite, uma jovem com raízes familiares em Vieira do Minho, integrou o elenco da peça “Médée” de Charpentier que vai estar, nos próximos meses, em exibição na Ópera de Paris.

A jovem soprano descreveu, na sua página de facebook, este momento como sendo de grande emoção e de grande responsabilidade. Ana Vieira Leite vai interpretar a personagem Créuse.

Ana Vieira Leite iniciou os seus estudos musicais no Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga, Portugal, aos 6 anos. É licenciada em canto, pós-graduada em estudos de ópera e obteve o Mestrado em Interpretação Artística pela ESMAE (Porto). Fez o mestrado em concert na Haute École de Musique de Genève em 2020, tendo recebido o prémio “Ville de Genève” pelo seu excelente trabalho.

A estreia no papel de Partenope de Händel com Les Arts Florissants em 2021 marcou o início de uma extraordinária carreira de Ana Vieira Leite. Desde então, estabeleceu-se como uma das principais jovens cantoras na área de música barroca e já se apresentou no Grand Théâtre de Genève, Opéra Comique e Opéra Bastille Paris, o Festival de Lucerna, Festival de Ludwigsburg, Palau de les Arts Reina Sofía Valencia, Teatro Real Madrid, Gran Teatre del Liceu Barcelona, a Ópera Real de Versalhes e a Philharmonie de Paris.

Os destaques da temporada 2023/24 incluem sua estreia como Créuse em “Médée” de Charpentier na Ópera National de Paris e no Teatro Real em Madrid, Dalinda em “Ariodante” de Händel na Philharmonie de Paris, “Messiah” no Théâtre Impérial de Compiègne e alguns concertos dedicados a W. A. Mozart na Cité de la Musique (Paris) com Les Arts Florissants, dirigido por Paul Agnew e no Festival Auvers-Sur-Oise com a Orquestra da Ópera de Versailles, dirigido por Victor Jacob.

[foto: Ana Vieira Leite/facebook]

Related Posts