Atribuição do abono de família vai passar a ser automática

O governo anunciou que vai tornar automática a atribuição do abono de família, ressalvando que será apenas a partir de 2023. Através do cruzamento de dados detidos pela Segurança Social e pelas Finanças, os cidadãos que estejam em condições de usufruir do benefício, vão recebê-lo de forma automática.

Desta forma, o beneficiário pode mesmo receber o abono de família sem ter de fazer o pedido aos serviços públicos. A Ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, dá o exemplo da tarifa social de energia, que já é atribuída automaticamente, para dizer que espera que o abono de família chegue a mais pessoas.

Esta é uma das medidas para modernizar a administração pública no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência. Para receber o abono de família automático, o cidadão vai ter de autorizar a partilha de dados entre as Finanças e a Segurança Social.

O Governo não adianta quando é que o abono de família automático vai avançar, mas nunca será antes do final de 2023.

Notícias relacionadas