Detido, em Lisboa, casal suspeito de furto de cartão de crédito em Vieira do Minho

Um casal, com 28 e 36 anos, foi detido em Lisboa por suspeita de furto numa residência em Vieira do Minho, da qual furtaram um cartão de crédito, que usaram para realizar compras num valor de 30 mil euros. Foram detidos ainda por furto de uma viatura em Espanha, anunciou a PSP.

Em comunicado, o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, explica que, no dia 31 de julho, tiveram “conhecimento de uma situação de introdução em lugar vedado ao público, nomeadamente numa obra”, tendo efetuado diligências que culminaram com a detenção dos suspeitos na segunda-feira, 1 de agosto.

O casal terá sido “surpreendido em Lisboa na posse de vários artigos de joalharia e alta costura, adquiridos através de um cartão de multibanco furtado, dias antes, do interior de uma residência, no concelho de Vieira do Minho, em Braga”.

A força policial explica que “através de 67 utilizações abusivas do cartão bancário adquiriram bens e serviços que lesaram a vítima num total de cerca de 30 000 euros”.

Terá sido ainda possível “referenciá-los pelo furto de uso de uma viatura espanhola que havia sido furtada dias antes em Espanha”, viatura que esteva envolvida num acidente em Vieira do Minho e que foi deixada “ao abandono por este casal, no mesmo dia em que efetuaram o furto no interior da residência da ofendida”.

De acordo com a PSP, o homem seria o “líder da atividade criminosa” do casal, encontrando-se “também em ausência ilegítima, de um estabelecimento prisional de Espanha, por crimes da mesma natureza”.

Já em junho haviam sido detidos em Vila Nova de Gaia igualmente por furtos em residências, a saber, indiciados em 43 furtos”, pode ler-se na nota da força policial.

Presentes perante Autoridade Judiciária Competente para efeitos de 1.º interrogatório, o homem viu ser-lhe aplicada a mais gravosa medida de coação, a prisão preventiva, e a mulher ficou sob o regime de apresentações trissemanais ao posto da sua área de residência.

Notícias relacionadas