Feira da Ladra 2021: “a grande festa da região norte”

A Feira da Ladra regressou, este ano, a Vieira do Minho depois de um interregno de um ano devido à pandemia da Covid-19. Com um cartaz repleto de artistas musicais, atividades pecuárias, feiras de produtos locais e outras atividades, a Feira da Ladra fez um regresso em grande, trazendo “milhares de visitantes” a Vieira do Minho, disse António Cardoso, presidente da Câmara Municipal de Vieira do Minho, ressalvando a importância da “grande festa da região norte” para a economia local.

A edição da Feira da Ladra 2021 teve a duração de cinco dias: começando no dia 1 de outubro, com a atuação do Grupo de Cantares de Vieira do Minho e com a abertura da feira de produtores locais. Já pela noite dentro, o grupo musical Rock 7 animou os Paços do Concelho.

No dia seguinte, 2 de outubro, a festa começou cedo, com a atuação de um grupo de Bombos na Praça do Bombeiro Voluntário e com a apresentação da Raça Garrana.

Da parte da tarde, arrancaram as atividades pecuárias com as corridas a cavalo da Raça Garrana e com as Chegas de Bois a acontecer no Parque dos Moinhos. Não muitas horas depois, o cabeça de cartaz das festas, Emanuel, entrava em palco. E nem a chuva conseguiu impedir a multidão que ali se juntou para o ouvir.

Já depois da meia-noite, entravam em palco os DJ’s Cirilo e Rui com os clássicos da música dos anos 80 e 90.

No domingo, dia 3, o dia começou com a atuação da Fanfarra Flores Cávado. À tarde, as bandas filarmónicas de Vieira do Minho e de Vilarchão juntaram-se para um concerto nos Paços do Concelho.

Não muito longe, no parque dos Moinhos, começavam novas Chegas de Bois e ainda uma corrida de cavalos a galope.

Eram quase 18h quando o Camião da SIC chegou ao centro da vila de Vieira do Minho, depois de ter passado por diversas freguesias do concelho, numa transmissão em direto para o programa ‘Domingão’ da SIC.

Já era noite quando o Ginásio Clube de Vieira do Minho subiu ao palco para diversas atuações. De seguida, os KALHAMBEKE tomaram conta dos Paços do Concelho e puseram toda a plateia a dançar e cantar com eles.

Meia noite e dez, estouravam os primeiros fogos de artifício para logo depois entrarem em palco os DJ’s que iriam dar continuidade à festa da Feira da Ladra.

Segunda feira, dia 4, feriado municipal, os concursos pecuários continuaram a toda o vapor, sempre com uma plateia cheia a assistir.

À noite, a Banda Impaktus fez as honras da casa e atuou para uma plateia cheia que, mesmo com chuva, não arredou pé.

O último dia destas festividades da Feira da Ladra 2021, recebeu mais uma Chegas de Bois e, logo a seguir, Miguel Vingança fechou com chave de ouro a Feira da Ladra 2021.

António Cardoso, presidente da Câmara Municipal de Vieira do Minho, em declarações à Rádio Alto Ave, fez um balanço “muito positivo” sobre estas festas que “fazem todo o sentido para divulgação do nosso concelho e para ajudar a nossa economia local”.

[Veja mais na página de facebook da Rádio Alto Ave]

Notícias relacionadas