Livro “Mulheres, Artes e Ditadura” apresentado sexta-feira em Braga

O livro “Mulheres, Artes e Ditadura. Diálogos Interartísticos e Narrativas da Memória”, coordenado por Ana Gabriela Macedo, Márcia Oliveira, Margarida Esteves Pereira, Joana Passos e Laís Natalino, é lançado na sexta-feira, dia 8, às 17h00, na Feira do Livro de Braga, no centro da cidade. Esta edição da Húmus vai ser apresentada por Ana Gabriela Macedo e Márcia Oliveira, que tal como as restantes autoras integram o grupo de investigação em Género, Artes e Estudos Pós-coloniais do Centro de Estudos Humanísticos da UMinho (CEHUM).

O volume tem uma matriz dupla. Integra uma seleção dos textos apresentados na conferência realizada na UMinho no término do projeto de investigação homónimo, “WOMANART – Mulheres, Artes e Ditadura. Os casos de Portugal, Brasil e países africanos de língua portuguesa”. A partir de uma perspetiva multidisciplinar, o principal objetivo foi dar visibilidade à presença e ação de mulheres artistas e escritoras, desde a segunda metade do século XX até à contemporaneidade, em Portugal, Brasil e nos países africanos de língua portuguesa.

Paralelamente, este livro integra o que as autoras consideram ser a “espinha dorsal” do projeto, constituindo o arquivo vivo que se pretende preservar – um conjunto de narrativas na primeira pessoa, sob a forma de entrevistas e depoimentos de artistas e escritoras (Ana Luísa Amaral, Vera Duarte, Carmen Dolores, Ana Clara Guerra Marques, Emília Nadal, Irene Buarque, Mónica de Miranda, Ana Vidigal, Susana de Sousa Dias, Maria Clara Escobar), manifestando o vigor e a pluralidade dos diálogos interartísticos, aos quais se deu corpo e voz. O site do projeto é ceh.ilch.uminho.pt/womanart.

Notícias relacionadas