UE aprova carregador universal para telemóveis, tablets e câmaras

A União Europeia (UE) vai adotar, a partir do outono de 2024, um carregador universal – USB-C – para todos os aparelhos eletrónicos portáteis de pequena e média dimensão, como telemóveis, tablets e câmaras. O acordo foi alcançado esta terça-feira entre o Parlamento Europeu e os Estados-membros.

Telemóveis, ‘tablets’, leitores eletrónicos, auriculares, câmaras digitais, auscultadores, consolas de videojogos portáteis e altifalantes portáteis recarregáveis através de um cabo com fios terão de estar equipados com uma porta USB tipo C, independentemente do seu fabricante, pode ler-se na nota publicada hoje.

No que diz respeito aos computadores portáteis, está previsto um prazo de 40 meses para a mesma adaptação após a entrada em vigor da nova legislação da UE.

Segundo o mesmo acordo hoje alcançado, os consumidores, no momento de compra, terão também de ter acesso a informação clara sobre as características de carregamento dos equipamentos, de forma a perceberem se os seus carregadores pré-existentes são ou não compatíveis. Os consumidores terão também a possibilidade de escolher comprar um equipamento com ou sem o respetivo carregador.

De acordo com o Parlamento Europeu, estas novas medidas vão levar a que os consumidores poupem cerca de 250 milhões de euros por ano em “carregadores desnecessários“, acrescentando que se “estima que a troca de carregadores usados e não usados representa cerca de 11 toneladas de desperdício anualmente“.

Notícias relacionadas