Portugal avança para a fase 3 de desconfinamento: conheça todas as medidas

“Portugal está em condições de avançar para a 3°fase” de desconfinamento, afirma António Costa em conferência de imprensa para revelar as decisões tomadas em Conselho de ministros, hoje. Salienta que tal se deve ao facto de o país estar perto de alcançar os 85% da população vacinada contra a covid-19.

O que muda nesta 3ºfase?

A partir de 1 de outubro o país passa de estado de contingência para estado de alerta.

  • Abertura de bares e discotecas com certificado digital;
  • Fim dos limites de horários;
  • Restauração sem limite máximo de pessoas por grupo;
  • Fim da exigência de certificado digital em restaurantes, estabelecimentos turísticos e alojamento local;
  • Fim do limite de lotação no comércio, casamentos e batizados e espetáculos culturais;
  • Certificado digital necessário para viagens marítimas e aéreas, em visitas a lares e estabelecimentos de saúde. Também vai ser necessário para acesso a grandes eventos culturais, desportivos ou corporativo;
  • Máscara continua a ser obrigatória em transportes públicos, lares, hospitais, salas de espetáculo e eventos e grandes superfícies.

Veja a conferência de imprensa de António Costa:

Apresentadas as medidas, António Costa lembrou que, “desaparecendo a generalidade das limitações impostas pela lei, entramos numa fase que assenta essencialmente na responsabilidade individual de cada um e de cada uma de nós”.

“Não podemos esquecer que a pandemia não acabou e que, podendo considerá-la controlada a partir do momento em que se atinge os 85% da população vacinada, o risco permanece”, sublinhou o primeiro-ministro.

Notícias relacionadas